Sintomas, mecanismo e tratamento da doença:

O que é Hiperplasia Benigna da Prostata (HPB) ?

exemplo prostata normal e hipertrofiada

Ainda na consulta de rastreamento de câncer de próstata também é investigada outra doença bastante comum, a Hiperplasia Benigna da Próstata (HPB) ou, como alguns pacientes chamam a “Próstata Inchada”, inchaço da próstata crescida. Apesar de pouco conhecida, é uma das doenças mais prevalentes do homem que consiste em um crescimento benigno do tecido prostático que começa a ocorrer a partir dos 50 anos de idade e tende a ser ininterrupto. Sintomas urinários normalmente estão relacionados ao HPB, em vez de doença maligna.

Quais são os sintomas da HPB?

Os sintomas da HPB são divididos em 2 grupos:

Quanto ao armazenamento da urina – Vontade constate de urinar, levantar-se várias vezes de noite para urinar, urgência para chegar ao banheiro (urgência miccional) em situações comuns e perda urinária (incontinência).

Quanto ao esvaziamento da bexiga Jato urinário fraco, jato intermitente, hesitação (o paciente se posiciona, mas ocorre demora em iniciar a micção) e gotejamento após terminar de urinar.

Por qual mecanismo ocorrem os sintomas?

O crescimento da próstata muitas vezes ocorre obstruindo internamente a passagem da urina na saída da bexiga (foto 2). É como se a saída de uma mangueira estivesse sendo segurada com o dedo. Progressivamente os sintomas vão se agravando e, em sua pior fase, ocorre retenção urinária, que é a interrupção abrupta da capacidade do paciente em urinar.

Quem necessita de tratamento?

Pacientes que estão incomodados com sua micção e apresentam alguns (ou todos) os sintomas de HPB devem ser tratados. Também deve ser oferecido tratamento a quem apresenta complicações decorrentes da HPB como infecções urinárias de repetição, sangramentos na urina, dificuldade extrema de urinar (retenção) ou alterações dos rins provocadas pela dificuldade de esvaziamento da bexiga.

Quais são as opções de tratamento?

O tratamento sempre é iniciado com medicações via oral. As medicações como a Doxazosina / Tansulosina e seus similares têm a finalidade de relaxar a musculatura da próstata e da bexiga facilitando a micção. Alguns pacientes necessitam de outras medicações associadas a essas, como a Finasterida / Dudasterida com a finalidade de diminuir o tamanho da próstata. Quando o tratamento com remédios não funciona indicamos cirurgia para diminuição da próstata.

Tratamento Cirúrgico

Existem diversos tipos de cirurgia que são escolhidas de acordo com a necessidade do paciente e suas condições clinicas (como idade, existência ou não de hipertensão, diabetes, entre outras). Todas as técnicas têm a finalidade de diminuir o volume interno da próstata.

Abaixo estão destacadas as modalidades de cirurgia que são realizadas, respeitando as escolhas caso a caso com o paciente. Todas apresentam vantagens e desvantagens, que devem ser discutidas no consultório antes da definição da estratégia a ser adotada. Clique para saber mais sobre as técnicas cirúrgicas.

Entre em contato

Enviado!

contato@drdanilogalante.com.br Agendar Consulta Moema - São Paulo