Desde posturas clássicas no sexo ao uso de acessórios, o sexólogo Danilo Galante entrega dicas para dominar na cama

Dominar na cama, controlar a transa, comandar a situação. Muita gente gosta da sensação de dominação física na hora -H-. Sentir-se no poder pode deixar o clima ainda mais excitante. Assim como existem pessoas que gostam de explorar a sensação de controle, muita gente gosta de experimentar a posição de submissão na cama, e deixar a ação por conta do par.

Independente do fetiche, o par que for dominar na cama pode contar com a ajuda de acessórios, ou apenas o corpo.

Confira agora algumas dicas de posições para não ficar por baixo na hora da transa:

Use as mãos

Para começar, o sexólogo Danilo Galante reforça que quando a pessoa usa as mãos para segurar o par, ou manter o corpo por cima, ela já está explorando uma forma de dominação. -Ao usar as mãos na dominação, a pessoa consegue controlar estando por baixo ou por cima na hora da transa. A questão é como você se porta, e como vai conduzir a relação sexual-, esclarece.

Use acessórios

O uso de algemas também pode ser uma opção interessante, de acordo com o especialista, para prender o par e dominar totalmente a situação. Vale ressaltar que tudo deve ser acordado previamente e ser consensual.

Vem sentando

-São muitas as posições que podem ser exploradas para proporcionar a sensação de dominação, e sentar por cima é uma delas-, indica Danilo. Dentre as posições mais clássicas, a sentada é uma postura que favorece o controle.

Ficar por cima

Mesmo no clássico papai e mamãe, você pode dominar, ficando por cima e comandando a movimentação e o ritmo da transa. 

De quatro

-Trata-se de uma das mais tradicionais para proporcionar a sensação de dominação para quem penetra e a sensação de submissão para quem for penetrado-, aponta o sexólogo.

De costas

Colocar o par de costas e penetrar por trás, também é uma maneira de dominar na hora -H-, de acordo com o especialista. Nesta postura, o par que for penetrado fica deitado de costas para quem for fazer a penetração.

Na parede

De pé, colocando a parceria contra a parede, também é uma opção interessante de aprofundar a dominação, indica Danilo.

Dominação psicológica

Por fim, o especialista ressalta que há um outro tipo de dominação no sexo, muito explorada no BDSM, que é a dominação psicológica, na qual o par usa comandos verbais para submeter o outro. -Vale lembrar que em qualquer posição de dominação, os envolvidos devem estar de acordo com a prática-, finaliza Danilo.

Clique aqui para ler a matéria na integra.

Entre em contato

Enviado!

contato@drdanilogalante.com.br Agendar Consulta Moema - São Paulo